27 outubro 2014

DILMA - Com total de 72,09% de votos válidos barreirenses dá show em cima da atual administração municipal

Como todos os barreirenses ficaram sabendo o atual prefeito de Barreiros, Carlinhos da Pedreira (PSB), sabendo que boa parte dos eleitores da zona rural seriam votantes diretos da presidente reeleita, Dilma Rousseff, do PT, boicotou a vinda de muitos moradores das regiões distantes, para que o número de votos de seu candidato fosse maior.

A secretária de turismo, Michelle Belo, num rompante de loucura ao extremo faz crítica imbecil em cima de eleitores de Dilma, à poucos instantes do inicio da votação, chamando-os de burros e ainda colocam os mesmos eleitores numa suposta necessidade de seu prefeito, dizendo que os mesmos necessitam de carinho, fazendo alusão á quando ele usava o bordão Barreiros precisa de carinho.

O prefeito que no primeiro turno, junto com sua equipe pediram votos para Marina Silva do PSB, no segundo turno estava em busca de votos para Aécio Neves (PSDB).

Colocou carros de som na rua, mas não disponibilizou veículos para os eleitores da zona rural, ciente de que tais eleitores não votariam em seu candidato tucano.

Os barreirenses então, revoltados, resolveram dar o troco.

Foram quinze mil cento e noventa e seis votos, conscientes que ajudaram á elevar Dilma Rousseff à seu segundo mandato para presidenta da república.

Não poderia ser diferente!

No primeiro turno os barreirenses votaram em Marina Silva no calor da emoção por conta da morte de Eduardo Campos, mas no segundo agiram com o racional, não se permitindo iludir.

O candidato Aécio Neves do PSDB recebeu um total mero de 5.883, ou seja, 27,91% dos votos válidos.

A ausência de eleitores no segundo voto ficou num total de 16,12%.  Mais ainda assim, com toda a força, lutando contra o ódio que estava sendo pregado tanto em redes sociais, quanto no dia a dia, contra o PT, o barreirense decidiu por uma análise mais profunda e disse nas urnas que não aceita uma mudança por conveniência.

Tentaram nos envergonhar e foram envergonhados!