22 agosto 2014

Estudantes da FAMASUL voltam à reclamar de ônibus quebrados.

Imagem meramente ilustrativa, captada no Google.
Mais uma vez os estudantes da faculdade em Palmares, FAMASUL, voltam à reclamar da super lotação e da deterioração dos transportes que levam-os de Barreiros àquela cidade. Segundo a previsão deveria estar fazendo o transporte desses estudantes 03 ônibus, e no entanto, apenas dois estão seguindo viagem.


Ainda segundo os estudantes todas as vezes que existem reclamações, passam-se dois ou três meses seguindo a frota normal, comportando todos os estudantes sentados, mas depois, quando a população esquece, logo os transtornos voltam à aparecer.

Dos dois ônibus que levam os estudantes atualmente para a faculdade, vez ou outra acontece de quebrarem na ida ou na volta da FAMASUL, e estes, por sua vez, ficam à mercê, no meio da estrada esperando que socorro, correndo sérios riscos seja de assaltos ou de acidentes à beira da pista.

Muitos destes estudantes reclamam ainda da super lotação.

- Sempre que fazemos uma reclamação ou sai uma nota online, o prefeito envia um novo (novo no modo de dizer, os ônibus são antigos) para complementar a frota e não precisarmos ir à pé ou apertados. Depois quando a turma esquece os ônibus diminuem, e assim, a maioria dos estudantes ficam numa super lotação, espremendo-se uns contra os outros. Já levamos reclamação à câmara de vereadores, falamos com o prefeito e nada de solução. Todos os dias é a mesma coisa, o mesmo sofrimento para os estudantes da FAMASUL que precisam destes transportes para completar seus estudos.

Ontem mais uma vez um dos ônibus quebrou.

- Tá um transtorno danado. Ontem quebrou novamente e ficamos na beira da pista esperando uma carona ou socorro. Alguns ainda conseguiram carona com os ônibus de São José. Estes ônibus estão precisando, todos eles, de manutenção pelas condições que os mesmos estão, ou de uma troca completa. É um total desrespeito com a gente. Estes ônibus não estão em condições de fazerem tais viagens. Eles já rodam durante o dia com outros alunos, e não se fazem manutenção com tempo certo. Por isso os transtornos para quem estuda a noite e precisa fazer esse percurso. Diz Marcelo, estudante da FAMASUL.

Senhor prefeito, senhores vereadores, senhor secretário e demais responsáveis por este departamento, tá mais do que na hora de verem a educação como prioridade.