08 agosto 2014

Agentes de Saúde de Barreiros, solução para final do mês de agosto.

Depois da reunião que aconteceu hoje entre os representantes dos Agentes de Saúde e Endemia de Barreiros com a cúpula da prefeitura municipal, sabendo por sua vez que não tinham como adiar, resolveu-se que a folha do mês de agosto deverá vir corrigida e acertada com o valor de 1.014,00 que é o salário base nacional para a categoria, instituido à partir do mês de junho pela presidente Dilma e que não estava sendo pago ainda pela prefeitura municipal.

Conforme sabemos, quando a folha estava pronta para ser paga, a prefeitura muda os planos de ultima hora e resolve não pagar o que já estava garantido por direito. Felizmente, depois de toda a pressão que passou à receber o prefeito Carlinhos da Pedreira e seus advogados Elton e Frederico Pimentel, foram obrigados à reconhecer que os ACS"s e Endemia tem direitos legais que deverão ser cumpridos sob pena de sanções, já que tais valores tratam-se de repasse federal e a prefeitura, se não cumprir poderá ser punida por este erro.

"Não foi nada fácil, e o prefeito teve que acatar resolução, sob pena de sanções, já que a verba é um repasse federal, não tendo como fugir-se à esse compromisso". Diz uma agente de Saúde.

"Mas estamos vendo que com esse pessoal só pagam o que é do povo por direito se fizermos pressão forte. Se a gente ficar mole, eles fingem que não viram e nós ficamos à ver navios", diz uma outra servidora revoltada.

Segundo informações ficou então acertado que à partir do mês de agosto, já com a folha pronta exigida pelos Agentes de Saúde, o salário base será o de R$1.014,00 e não mais o R$ 860,00 conforme vinham pagando, e que como a prefeitura não dispunha do valor referente à julho em caixa se comprometeu à ver o quanto antes este valor, e assim que estiver disponível fazer o aviso e referente ao pagamento dos R$ 154,00 restantes da folha de julho que não lhes foram pagos.

Resta agora, esperar que tudo aconteça à contento. Infelizmente, com essa nova gestão administrativa na prefeitura de Barreiros, em se falando de dinheiro, se não tiver cobrança e presença de espirito por parte de quem cobra, nada acontece.