17 junho 2014

Um sem-teto tentam comprar terreno por R$ 3 milhões. Como Assim???

A Comunidade Nelson Mandela, uma favela formada perto do Rodoanel, em Osasco, quer comprar o terreno que ocupa desde janeiro. O negócio foi discutido em audiência com a conciliação com os donos da área, esta segunda-feira.
Os moradores ofereceram R$ 3 milhões e seria dividido por dez parcelas de R$ 300 mil, por uma dimensão ainda não especificada. A quantia seria um rateio entre as 1,5 mil famílias que estão no local.

A Dias Martins S/A, dona do local ter até ao início de julho para renegociar um novo valor, de acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo.

José Rozivaldo Melo, líder da Comunidade, afirma que a população se comprometeria a assumir o risco de legalização da favela na prefeitura. Em nota, o Executivo de Oscaco informou que a lei de zoneamento não dá autorização para a construção de um condomínio no local.

“A municipalidade tem autonomia para autorizar ou impedir a contrução de condomínios”, pode se ler no comunicado do executivo local. “Por tratar-se de terreno particular, não cabe à administração pública municipal promover assistência aos ocupantes irregulares da área”.

Os ocupantes querem tentar um negócio para evitar uma reintegração de posso do terreno, já em julgamento no fórum de Osasco. Os sem-teto teriam também de se distanciar da faixa de domínio da Concessionária CCR, retirando 50 barrancos sobre o túnel e os taludes que dão acesso à rodovia.

As informações acima constam do portal NOTICIAS AO MINUTO.