29 junho 2014

Paulo fecha apoios importantes em Limoeiro, reduto de aliados do seu opositor

Declararam voto no socialista os vereadores José Félix, presidente da Câmara, Beto de Washington, Manuel do Sindicato e Luiz do Matadouro

No dia em que seu adversário foi homologado candidato a governador, o pré-candidato Paulo Câmara (PSB) trouxe para a Frente Popular mais quatro apoios importantes em Limoeiro, no Agreste. A cidade é reduto de dois dos aliados mais próximos do seu opositor: o ex-prefeito Ricardo Teobaldo (PTB), que disputará eleição para federal, e seu irmão, o deputado estadual e secretário-geral do PTB em Pernambuco, José Humberto Cavalcanti.

Migraram do outro lado para o palanque da Frente Popular os parlamentares José Félix, que é o atual presidente da Câmara, Beto de Washington, Manuel do Sindicato e Luiz do Matadouro. Todos são filiados aos Pros, partido que recentemente declarou apoio à coligação governista. Com a nova correlação de forças no município, Paulo terá o voto de oito vereadores de Limoeiro, enquanto que o seu adversário só contará com cinco parlamentares.


Os apoio foram costurados pelo ex-candidato a prefeito de Limoeiro, Joãozinho do PSB, que concorrerá este ano à Assembleia Legislativa. "No começo do ano, o nosso opositor tinha 11 vereadores; agora só tem 5. Os parlamentares me disseram que não poderiam ficar contra o candidato de Eduardo Campos, que fez muito por Limoeiro. Por acreditar neste projeto, eles estão com Paulo", argumentou. Os parlamentares, que antes apoiavam Zé Humberto e Teobaldo, agora votam em Joãozinho e Marinaldo Rosendo (PSB) para federal.

FOTO: DIVULGAÇÃO​

Assessoria de Imprensa do PSB