13 maio 2014

Marina Silva e Eduardo Campos não se bicam mais?

Marina Silva (REDE-PSB) e Eduardo Campos (PSB)

Que essa candidatura de Eduardo Campos é um fracasso, já tá mais do que mostrado. Vencer as eleições diante de tantas mentiras citadas por Dudu, como é conhecido por aqui, será um dos esforços mais hercúlios que se possa imaginar.

As coligações que o mesmo está fazendo, tendem, ao invés de levantar força, à enfraquecer mais ainda suas bases.

As intenções de Eduardo Campos não estão sendo voltadas para melhoria e fortalecimento de seu grupo, e sim, e tão somente, para "brilhar" nas passarelas políticas. Com isso, os investimentos estão galopantes.


Uma grande "aquisição" para a campanha de Eduardo Campos, foi Marina Silva, que pelo que vem demonstrando em rede nacional, não está muito satisfeita com algumas atitudes de Campos. Por conta disso, as opiniões contrárias são muitas.

Se Marina tem um pensamento VERDE, por outro lado a vermelhidão de Eduardo está ficando roxa.

Quando ele concorda ela discorda. Quando ela diz que é bom, ele diz que é ruim.

E assim, Eduardo e Marina vão traçando um mar de rosas com espinhos à bessa, e complicações eleitorais, politicamente falando.

Recentemente Eduardo mostrou-se "afável" e pendente à apoiar em São Paulo Geraldo Alkimin do PSDB. Marina, por sua vez é osso duro de roer e discorda. (eu também discordaria).

"A ex-senadora Marina Silva (PSB), pré-candidata a vice na chapa de Eduardo, é contra alianças com o PSDB. O PSB de São Paulo quer apoiar Alckmin, e o deputado Márcio França já teria inclusive sido cotado como vice na chapa do tucano". (Blog do Magno Martins)

Já Eduardo, metendo sempre os pés pelas mãos, bate o pé feito menino e diz que vai fazer do jeito dele.

Ou seja, Marina tinha REDE própria e caiu como peixinho em REDE alheia e está sendo servida como aperitivo para o ganancioso Eduardo Campos.

Ontem em Minas Eduardo fechou mais um acordo, sem consultar sua parceira. Ela por sua vez, já tinha alertado o desgaste e enfado de se fazer essa aliança. Ele então dispara que a seguinte nota.

"Eduardo disse também que a relação com Marina Silva não está desgastada por causa dos impasses em Minas Gerais e em São Paulo" (Blog do Magno Martins)