24 abril 2014

Tá faltando merenda nas escolas municipais de Barreiros

A prefeitura e a secretaria de educação de nossa cidade, e os vereadores ao que parece, estão precisando dar algumas explicações para nossos estudantes, pais de alunos e sociedade como um todo.

No inicio deste ano alguns vereadores estiveram em algumas escolas, e até tiraram fotos para dizer que "a merenda é boa e tá tudo nos conformes e que fiscalizariam". 

Ainda tiveram a petulância de dizer na câmara de vereadores, recentemente que "visitaram as escolas, principalmente na área rural, e tudo estava às mil maravilhas".

Eu estive presente numa das sessões da câmara municipal este mês de abril quando ouvi, e ainda tenho guardado o áudio em que o vereador Henrique (produções) disse em auto e bom tom que "eram mentiras as coisas que se falavam tanto dos fechamentos das escolas (que está acontecendo) quanto da falta de alimentação" e que, segundo o vereador, "o prefeito está empenhado e fazendo o melhor por nossas crianças".

Não é o que parece pelas informações do TCE 


Não é o que se vê nas salas de aulas e cozinhas das escolas municipais.

Acompanhe abaixo depoimento de um grupo de senhoras, que não vou identificar seus nomes por motivos já bem conhecidos, ou seja, perseguição politica, já que, segundo as mesmas afirmam, até cortes de dias de trabalho são feitos, principalmente na área rural "de maneira covarde com os servidores".

- Um absurdo! Verduras? Faz muito tempo que não chega. Ate fósforo não tem. Temos as vezes que levar de nossas casas ou pedir emprestado à alguém para acender o fogão. Outro dia nos deparamos com falta de sal para colocar na comida, e tivemos que pedir para o vizinho aqui do lado. E não adianta reclamar não, que arrumam um jeito de apontar falta na gente ou mudar a gente de escola. 

- Aqui na área rural o descaso é pior, diz cozinheira de uma das escolas na área rural, falta tudo. Até liquidificador não temos. O que temos aqui está quebrado à anos, e temos que pedir aos vizinhos. Além da dificuldade que temos de vir para o trabalho, ainda encontramos situações como essas. Tem dias aqui que temos que fazer "cotinhas". E como se não bastasse ainda temos o pior dos salários. Em toda região Barreiros é o que menos valoriza o servidor público. Tem professores aqui, que recebem abaixo do piso e tem que ficar calados, já que são contratados, para não perderem seus empregos. Nas escolas que o prefeito visita, tiram fotos, mas poucos instantes depois, ficamos sem saber o que preparar para os meninos no dia seguinte. 

- Quer saber como estão as coisas Ed? Faça uma visita inesperada e constate por si mesmo. Escolas como Emilio Geraldo, Terezinha de Carvalho, Maria José Vicente, Euclides Celso, todas elas são apenas fachadas. Faltando as coisas. Cadê os vereadores que no começo das aulas estavam lá comendo merenda e dizendo que iam fiscalizar tudo?

- "Mas pelo amor de Deus Ed, não revele nossos nomes pois precisamos trabalhar e sabemos que qualquer pessoa que for identificada do grupo (pessoas que me passaram informações) será demitidos imediatamente. Eles fazem de tudo para esconder a realidade de nossas escolas, mas o caso mesmo é outro. Vão dizer e mostrar uma coisa mas a realidade é outra e só sabe mesmo quem está nas salas de aulas e cozinhas das escolas municipais de Barreiros. Essas crianças não merecem passar por isso, nem a gente pelas escolhas que fizeram por nós."

As palavras acima são de pessoas que preferem não se identificar para não serem prejudicadas profissionalmente.