31 março 2014

Prefeitura não apresentou ainda o PCC à Câmara de Vereadores de Barreiros


No ano passado, o prefeito Carlos Arthur, mais conhecido popularmente como Carlinhos da Pedreira, junto com a maioria dos vereadores, revogaram a lei 484/91 do Plano de Cargos e Carreira, de 1994. O projeto para eliminar essa lei, seguiu em secreto para a câmara de vereadores, e foi votado, no dia 08 de outubro, ás escondidas. 

Mais informações favor clicar num dos links abaixo.



Prefeitura e Câmara de Vereadores Cortará o PCC (Plano de Cargos e Carreira) em Barreiros, Sem Aviso Prévio.



Os servidores públicos vieram à saber o que estava acontecendo através de postagens aqui nesse blog, conforme pode ser consultado acima.


O caso ganhou repercussão, e graças ao nosso trabalho, alguns tiveram ideia da covardia feita com os servidores públicos por parte da prefeitura.

Depois de muita confusão, alguns vereadores, que votaram em segredo, fugiram e não compareceram á cãmara para a sessão devida. Dias depois, um procurador da prefeitura seguiu para a Rádio Litoral Fm para chamar os barreirenses de fofoqueiros e mentirosos., com a ajuda inclusive do senhor Claudio Lima, locutor conhecido como Besouro.

REVOGAÇÃO DO PCC EM BARREIROS


Com a ideia de que a lei estava caduca, ficou a promessa de que já em janeiro de 2014 seria apresentada uma nova lei, atualizada para os servidores. Um novo Plano de Cargos e Carreiras e que ninguém perderia com essa ação, já que, segundo o prefeito, aquela lei não funcionava.

No entanto, até o dia de hoje, a prefeitura municipal de Barreiros ainda não apresentou a nova lei que deveria substituir a anterior.

Na semana passada, dia 25 de março, em sessão na câmara de vereadores da cidade, o vereador Lula da Abes, fez chamada interessante sobre o PCC, já que segundo ele, a prefeitura ainda não apresentou o novo Plano de Cargos e Carreira dos Servidores, e citou ainda que estará convocando os servidores púbicos para um ato de repúdio, com carros de som, passeatas e protestos na rua.

Senhor prefeito cadê o novo PCC?