Você se aventura andar pelas ruas de Barreiros?

Eu já tinha feito uma postagem falando sobre as calçadas de nossa cidade e da forma que as mesmas foram tomadas por camelôs. No momento em que fiz a mesma postagem (Clique aqui e veja a postagem), o ministério público tomou uma resolução que até deixou este blogueiro um pouco envaidecido. Deu um prazo de 120 dias ( Clique aqui e confira ) para que a prefeitura tomasse as devidas providencias. Coisa que até aconteceu, mas não por muito tempo. Nos dias de hoje voltamos à encontrar os mesmos camelôs usando das mesmas calçadas de antigamente fazendo com que os pedestres ora andem sobre a calçada, ora em plena rua disputando com os carros e motos, num trânsito infernal, sem sinalização nem sinalizadores. Guardas de trânsito aqui como podem ver é utopia.

Hoje, porém, eu convido vocês à fazerem um tour pelas principais ruas da cidade para que tenham ideia, para daqueles que andam à pé, como é difícil passear pelas calçadas. Os donos dos comércios locais usam e abusam de nossas calçadas (não mais estamos falando dos camelôs) e deixam com que os pedestres, que também são seus clientes, tenham que, ao sair de seus comércios, disputarem, frente à frente com os carros e motos. Esta imagem abaixo é uma  ideia do que estou falando.

Assim que você entra em nossa cidade encontra estas possibilidades, de um lado e outro das calçadas.

Aqui, ainda na Av. Maria Amália temos mais produtos nas ruas do que dentro das lojas propriamente ditas.

Já na rua Marechal Rondom, onde temos uma auto escola vemos este infeliz exemplo que encontramos bem em frente da mesma instituição.

Já aqui na rua Manoel Durval Ferreira Lins estas são as calçadas que temos e a forma de se andar sobre elas.

É bem sabido que desde muito estamos precisando de calçadas para pedestres bem como um trânsito confortável em nossa cidade que desde muitos anos não sabe para onde ir. Não temos guarda de trânsito. Não temos sinais de trânsito. Não temos vias para pedestres. Não temos... Não temos... Não temos...

Essa é uma reivindicação em que a prefeitura dos dias de hoje tem obrigação de dar conta, para então merecer os votos (legais ou não) ao qual se faz necessário ter-se um progresso completo e com dignidade.

Afinal, falar é fácil, fazer é que é outra história!

Para finalizar esta postagem deixo um vídeo feito pelo SERGIO FALCETTI, para o seu site VIAJANDO TODO O BRASIL, em que mostra a cidade vista para quem anda por nossas ruas dentro de um carro.


Visitem o site e conheça mais cidades clicando aqui

Para quem conhece de perto a realidade de nossa cidade sabe bem das necessidades que a mesma tem. E você, qual a sua opinião sobre este assunto?